Dicas do gordo – Como ir ao supermercado sem passar raiva

Existem algumas situações negativas que o ser humano tem que experimentar em sua  vida, para se tornar adulto. Enquanto em algumas tribos o rito corresponde a fatiar seu bem mais importante e arriscar o segundo mais importante que detêm (o orgão sexual e a vida, respectivamente), no “mundo civilizado” passamos por experiências mais leves, mas ainda assim ruins, como ter que resolver problemas de documentos em orgãos públicos, ser obrigado a trabalhar para comprar doritos, coca-cola e pra pagar a internet e por ai vai.

Mas existe 3 coisas que indicam que você se tornou adulto: pagar contas, fazer compras e sofrer por amor.

O 1° e o 3° são auto-explicativos, mas o segundo levanta confusões. Como assim é ruim fazer compras?

Não falo de comprar roupa/jogos e qualquer coisa relacionado a lazer. Falo de comprar comida não pronta, produtos de limpeza e todas aquelas coisas que são necessárias e que te dão mais trabalho quando chegar em casa. E para evitar que você sofra, farei um manual de como ser um cliente inteligente, que consegue resolver seus problemas com facilidade num supermercado. Vamos lá:

hiper-11

Se você ao ver essa imagem, já fica impaciente, imagina o funcionário como tá…


1°- O cliente sempre tem razão. NOT!

“O cliente sempre tem razão” é, de acordo com o Datagordo, a 5° frase mais repetida na lingua portuguesa, atrás somente de “nem da nada”, “relaxa mô, depois eu apago”, “eu avisei” e “porra gordo”. Todas essas frases, quando ditas, estão intimamente ligadas com situações de merda. Apesar de ser tão repetida e estudada, as pessoas nunca entenderam realmente qual é o verdadeiro significado dessa frase. E para auxilia-los, cá estou eu.

Primeiro você tem que entender qual é o objetivo da empresa. De modo geral, toda empresa tem 3 objetivos: Lucrar, lucrar um pouco mais e deixar o cliente satifeito, para lucrar mais depois, quando ele voltar. E é ai onde surge essa frase. O objetivo dela é ignorar pequenos prejuízos que o cliente causa, para lucrar mais com as compras futuras.

O problema de você ser um cliente chato e abusado é que você traz prejuízo para a empresa, pois o lucro que você trás comprando 24 rolos de papel higiênico (provavelmente pra limpar a boca, de tanta merda que fala) é menor que a gritaria que você causa (afastando clientes), o tempo demandado para resolver seu problema imbecil (já que você demora 2h pra explicar que pensou que o papel era perfumado, quando ele é neutro) e etc.

Tudo que trás prejuízo, a empresa tenta afastar, logo o objetivo dela será te tratar mal, dentro do limite da lei, obviamente, pra que você nunca volte lá. Então ser o cliente chato fará você ser mal tratado, não resolvendo seu problema.

2°- Você não está num puteiro e não está falando com sua mãe, portanto abaixe o tom de voz.

Quanto mais barulho e bagunça você faz, menos eficaz é sua oratória. Se a pessoa que estiver te atendendo for barraqueira, não vai resolver nada, se a pessoa não for, ficará com medo e chamará a segurança/polícia, não resolvendo nada. Sério cara, além de um tapa na cara em ambos os casos, o que você ganhou? Se o funcionário começar o barraco, ligue o gravador de voz do celular e leve ao superior dela. Don’t feed the trolls/haters é uma regra de ouro. E isso leva ao ponto mais relevante para qualquer coisa:

3° – Procure a pessoa capacitada.

Explique seu problema de maneira calma e concisa. Se quem te atender começar a enrolar, faça a seguinte pergunta: Quem pode resolver isso? Vá até a pessoa e explique novamente. Como você pode precisar repetir tudo 4 vezes, é importante ser conciso. Nada de começar a contar a sua história pelos seus problemas em casa que começaram 5 dias antes de você resolver ir comprar esse esmalte pra passar na tela do celular de sua futura ex-namorada. Se ninguém conseguir resolver seu problema, lhe restam 2 opções:

a) Você está errado. Volte pra casa e aceite.

b) A empresa fez besteira e não quer assumir. Volte pra casa e entre com ação judicial.

E se a pessoa for a barraqueira do item anterior, procure outra pessoa que possa lhe apontar quem pode resolver o problema. Acredite, bater boca com a caixa não irá resolver problema de preço errado.

Fila_na_bahia

Uma forma de evitar cansaço na fila…

4° – Caixa preferencial NÃO É CAIXA EXCLUSIVO!

As outras dicas foram gerais, agora chegamos ao ponto de supermercado. Se o caixa para velhos/buchudas estiver vazio e o resto com fila maior que Engarrafamento na avenida brasil em véspera de carnaval, com aqueles milhares de gols 99 branco com epoxi onde deveria existir uma carroceria, lembre-se da diferença entre preferencia e exclusividade. Recomendo olhar no celular e tirar um print pra mostrar ao caixa caso reclame. E pras filas, mais uma dica:

5° – Não caia no efeito manada.

É incrivel como o ser humano costuma escolher a maior fila. Não é só porque tem muita gente numa fila que algo é bom. Ao invés de achar que o caixa sem fila está fechado, vá até lá e confira. Isso pode te salvar um dia. Aproveite e lembre-se: Se muita gente se mover para uma fila, continue na sua, senão não vai adiantar muita coisa. E trocar de fila o tempo todo também não adianta…

p4FRiqn

6°) Não leve as crianças, a não ser que você consiga controlar esses monstrinhos

Criança é uma porcaria. Faz barulho, pirraça, destrói as coisas e por ai vai. Você pode até achar que é uma boa ideia levar seu filho de 5 anos pra passear contigo num supermercado, mas aposto que você mudará de ideia quando ele se jogar no chão e prender o ar até você colocar aquele biscoito que você odeia (e pior, que ele odeia também. Vai comer um e vai jogar aquela porcaria fora). A forma de saber se você deve levá-lo para o supermercado é a seguinte: Tem algum ganho em levá-lo, como por exemplo, ter um servo anão para ir pegar as compras enquanto você está na fila, ou talvez o direito de ir para o caixa preferencial? Se a resposta for não, deixa o monstro amarrado em casa, de preferencia com um vasinho d’água por perto. Senão cê pode perder a guarda daquele guri…

7°) Bom humor sempre

Ninguém no supermercado tem absolutamente nada a ver se seu dia foi uma porcaria, se teu chefe te demitiu, se um ônibus passou por cima de uma poça d’agua quando você vinha com seu palitó na mão e sujou de lama aquela camisa branca social novinha que tu comprou e ao chegar em casa viu sua mulher dando para um amigo, um travesti e um anão num gangbang do inferno ao som da dança do Bukkake. Mantenha a calma enquanto o gerente tenta ver se esse inseticida que você comprou é suficiente pro suicídio ou se só vai te dar uma diarreia. Vai ser mais fácil de resolver seus problemas se estiver calmo. E evita o problema do barraco anteriormente citado…

8° )  Nunca, nunca, em hipótese alguma, fique com vergonha de perguntar.

Essa aqui é uma dica pra vida. Perguntar não te torna um burro. Tá bom, talvez te torne, mas é importante admitir sua burrice, para evitar que você se ferre porque além de burro você é orgulhoso. Se não sabe onde está o produto x, ao invés de rodar 3h, pergunte ao funcionário. Lembre-se da dica n° 3 e não pergunte ao funcionário que trabalha  na limpeza dos banheiros. Talvez possa até perguntar, mas é bem provável que ele não saiba. De qualquer forma, ele pode te apontar a pessoa certa, então já é uma evolução.

Bom galera, por enquanto vão ser só essas mesmo. Talvez, em 2018 eu faça uma continuação, então não esperem por isso. De qualquer forma, sempre é válido se vocês quiserem dividir uma dica, ou perguntarem algo, ou me xingarem por não atualizar isso ou até mesmo falar que gosta de mariola. Os comentários estão ai para isso: Para falarem besteira e não serem lidos :D (tô zuando, comentem que eu curto lê-los).

De qualquer forma, a despeito das atualizações escassas, tem muita porcaria escrita no passado. Mais de 100 textos. E sim, eu sei que cê curte porcaria, senão estava no blog do amigo Renan, ao invés de ler isso aqui…

Anúncios

2 comentários sobre “Dicas do gordo – Como ir ao supermercado sem passar raiva

  1. ““O cliente sempre tem razão” é, de acordo com o Datagordo, a 5° frase mais repetida na lingua portuguesa, atrás somente de “nem da nada”, “relaxa mô, depois eu apago”, “eu avisei” e “porra gordo”.”
    CARALHO, ri pra porra disso. AUEHUEAEUHAE “Porra gordo” certeza que está em primeiro lugar.
    E obrigado por citar meu lindo bloguinho iniciante :>

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s