Moral e bons costumes

Em tempo: esse não é o texto do estilo comum daqui, não é tecnologia internetagens ou afins, se não gostar de refletir não leia esse texto.

Ei você que está ai, sentado ou deitado, provavelmente em uma cadeira e talvez em uma privada, o que você entende por moral, certo ou errado e bons costumes? Acha que tudo não é? Acredito que você está errado.

A verdade é que o senso de certo ou errado pode (e deve) se modificar diante de cada situação, não somos robôs ou softwares(tava demorando para uma analogia à informática) que reagem as situações de modo igual(imagine: If Next Week->Menstruação, Run Tothehill.bat). Quando tomamos uma decisão, além de fatores racionais, temos os fatores emocionais, que cá entre nós, é o principal responsável por estragar tudo.Eu sei o que você está pensando(na verdade não sei, mas continuemos): Você pensa que a moral é imutável, pois ela existe para salvar a sociedade do caos/porque deus criou assim, mas tudo é uma questão de perspectiva. Vamos fazer um exercicio mental:

Você foi preso em uma jaula por um psicopata, nessa jaula você não tem nenhuma maneira de agir contra o psicopata, ou acionar alguém que possa ajudar ou ainda fugir. Na sua frente tem 3 pessoas, um homem, uma mulher e uma criança. Você tem que escolher um dos 3 para morrer, sendo a criança inocente, a mulher tendo cometido um assassinato e o homem tendo cometido dois, se você não escolher quem morrerá,  os 3 serão fuzilados a queima roupa e você morrerá de inanição(a.k.a: sem comida). Quem você escolhe pra morrer?

Eu digo que ninguém em sã consciencia escolheria matar a criança, afinal ela é inocente, nem matar os 3 e morrer em um dos modos mais torturantes possíveis. Agora eu lhe pergunto: e se a criança foi sequestrada em qualquer parte da cidade e a mulher fosse sua mãe/sua amada e o homem o seu pai/seu melhor amigo?( se você for do sexo feminino heteroafetiva ou Masculino homoafetivo inverta a parte do(a) amado(a) e amigo(a)). Aposto que a maioria está pouco se ferrando se a criança é inocente, ou se seus pais são tão psicopatas quanto o maldito que fez a brincadeira macabra com os 4.

Outra demostração é a de que em determinadas culturas, apedrejamento e estupro coletivo são penas validas pela desobediência feminina, mas os homens raramente recebe punições tão rigidas. Dizer que só porque a lei daquele lugar diz que isso é o certo(ou só porque a lei de seu pais diz que é errado) não é um argumento, no maximo um rascunho de falácia. Afinal acima da lei que rege o povo tem que estar o estado que segura a lei, sendo esse estado o próprio povo, logo no final das contas a população é superior a lei que foi criada pelo proprio povo, para rege-los.

Diante do que eu falei aqui, da provável confusão mental que meu experimento causou, fica a pergunta: você acha que a moralidade e direitos e deveres humanos devem ser universais e Imutáveis?

Post Scriptum: Esse Artigo/Post Cria a Categoria Proof Kibagem, que é a maneira correta de kibar uma coisa: Pega um tema que viu em um lugar e cria um texto em cima do texto alheio mostrando suas opiniões, não é exatamente uma prova de originalidade, mas é uma prova de vergonha na cara…

Texto-Formador: http://bulevoador.haaan.com/2011/04/02/o-que-voce-faria/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s